No guettho não é sempre assim
Como vocês falam
Tem pessoas de bem,
Como gente ruim
Fazer o que se eu nasci
Já era assim .

Aquela agunia
Tristeza e alegria
Todo mundo reunido
Assistindo o jogo do bahia .

Criança ao redor do pinicão
De corpo nu e pau na mão.

Sei que meu guettho não é perfeito,
Mas não venha por defeito não

Não julgue não ,
Meu guettho irmão
Se nunca pisou ,
Naquele chão .

O meu povo é guerreiro
E trabalha o dia inteiro
De janeiro a janeiro
Pra ganhar o pão

Ta vendo aquele menino
Com o ferro na cintura
Que quando ver a viatura
Desse morro a baixo

Ele é filho da senhora
Q até hoje pede e implora
Pra o governo da uma esmola
Pra comprar o pão

Ela tem medo que o seu filhinho
Ainda pequeninho
Cresça e siga o caminho
Do irmão ladrão

Mas não sou eu
Não e você q vai mudar
Pois o sistema é assim
E é assim que vai ficar

Não julgue não
Meu guettho irmão ,
Se nunca pisou naquele chão

O meu povo é guerreiro
E trabalha o dia inteiro
De janeiro a janeiro
Pra ganhar o pão

Vídeo incorreto?