Tênis de mola no pé
E a roupa é só de marca
O carro é rebaixado
E vive cheio de babaca

Nós calça nossa butina
E a roupa já batizada
Pego a nossa caminhonete
E entope de muierada

Não sei porque essa entriga
Essa inveja danada
Só porque o sistema é bruto
Dinheiro não falta
Nós é matuto
Se as muié quer nós
E nós cata tudo
Não somos bichinha
Nem somos chifrudo

Vocês vão pra academia
E dão cavalinho de pau
Se olhando no espelho
Indo ao rock internacional

Nós vai pra nossa fazenda
Ou pescar no Pantanal
Quando repíco a viola
Mandamos embora todo o mal

Não sei porque essa entriga
Essa inveja danada
Só porque o sistema é bruto
Dinheiro não falta
Nós é matuto
Se as muié quer nós
E nós cata tudo
Não somos bichinha
Nem somos chifrudo

Enquanto vocês vão na boate
Pra balançar o popô
Tomando uns trem esquisito
Vendo até disco voador

Nós dança bem grudadinho
Faz o frio virar calor
Tem muita mulher sobrando
Doidinha pra dar amor

Não sei porque essa entriga
Essa inveja danada
Só porque o sistema é bruto
Dinheiro não falta
Nós é matuto
Se as muié quer nós
E nós cata tudo
Não somos bichinha
Nem somos chifrudo

Vocês vão passear no shopping
Com a galera malvada
Andando com os boyzinho
E esquece das namoradas

Nós faz aquela visita
Começa a beijar na boca
Depois eu levo pro quarto
E dou-lhe chapinha na roupa

Não sei porque essa entriga
Essa inveja danada
Só porque o sistema é bruto
Dinheiro não falta
Nós é matuto
Se as muié quer nós
E nós cata tudo
Não somos bichinha
Nem somos chifrudo

Vídeo incorreto?