Duas gaivotas no ar, um mar de gelatina espelha o sol
Ondas despenteiam esse mar, desmancham cabeleiras na areia e sal
Subo nos telhados do mundo, fora dos limites do olhar
Já não conto o tempo em segundos, dentro dessa gente lugar
Eu quero o que não sei, mas, eu quero
Eu não sei, mas, eu quero...

Não interessa saber o que vocês, pensam de mim por aí
Só interessa saber quem sou, ou o que não sou por aqui
Não interessa saber o que vocês, pensam de mim por aí
Só interessa saber quem sou, ou o que não sou por aqui

Facas e agulhas no chão, estrelas e fagulhas na minha mão
Flocos de açúcar no céu, e blocos de concreto arranha-céu.
Subo nos telhados do mundo, entre loucos beijos de amor
Corro nos confins e confundo, tudo tem o mesmo valor
Eu quero o que não sei, mas, eu quero
Eu não sei, mas, eu quero...

Não interessa saber o que vocês, pensam de mim por aí
Só interessa saber quem sou, ou o que não sou por aqui
Não interessa saber o que vocês, pensam de mim por aí
Só interessa saber quem sou, ou o que não sou por aqui

Vídeo incorreto?