Fluxos


Oooh, agora sou livre
Nadando com os muitos peixes do córrego
Sim, e sou bem-vindo aqui
Todos nós conectados apenas mergulhando
Fluxos da vida divagam
Como água correndo pelas minhas veias

Estou aprendendo a respirar
Vivendo debaixo d'água
Sou mais profundo do que os olhos podem ver
Sim, isto era pra ser
Agora estou fluindo com a corrente do rio
Fluxos da vida divagam
Como água correndo pelas minhas veias
Correndo pelas minhas veias
Correndo em minhas veias

Eu começo a minha vida novamente
Ainda bem que esta não é a primeira corrente em que eu nadei
Água fria correndo para o meu cérebro
É mais espessa do que o sangue
Que está fluindo em minhas veias
Fluxos da vida divagam
Como a água correndo pelas minhas veias
Rios de sangue como o amor líquido
Estão correndo para o meu cérebro

De repente, bate-me no calor do sol
Um produto de medo, longe de ser humano
De repente, bate-me e esmaga meu mundo
Como um maremoto preso em minha concha

De repente, bate-me, o que eu me tornei?
Procurando por respostas em meu aquário
De repente, morde-me envenena minhas veias
Perdido e incapaz de encontrar meu caminho

Meu caminho escolhido, a direção que eu levo
É a conseqüência de seu maior erro
Quando esse dia chegar, é hora da decisão
Que caminho eu vou pegar?
Será que eu vou realmente aprender?

Se eu for mostrado ao caminho, nunca estarei sozinho
A escolha é minha para decidir aonde vou
Todas as nossas almas digressão, começou como um só
Todas as nossas viagens terminam no mesmo destino

Fluxos da vida divagam
Como a água correndo pelas minhas veias
Rios de sangue como o amor líquido
Estão correndo para o meu cérebro