Vinha passeando, vitrinas olhando
E nada pensando quando te vi.
E pensei que sorte, tu eras um anjo
Dentro da butique a me sorrir

Fui logo entrando a mim perguntando
Que desculpa dava de estar ali.
Olhando teus olhos, te disse sorrindo
Que menina linda, que vendem aqui

Me perguntaste, que vais levar, te disse nada
Eu só queria te olhar de perto e ali estavas
Mas se pudesse, menina linda, eu te comprava
Não com dinheiro, sim com carinho que eu te dava

Foi esse o começo de um tempo tão lindo
Que hoje é saudade, pois já te perdi
Foi esse o começo de um tempo tão lindo
Eu nunca me esqueço de quando te vi

Eu nunca me esqueço de quando te vi
Eu nunca me esqueço de quando te vi

Vídeo incorreto?