Às vezes eu paro e eu fico te olhando
Você me pergunta o porquê
Tenho algo engasgado na minha garganta
Talvez seja cedo dizer

Quanto tempo esperando
Quanto tempo procurando
Quanto tempo, deu até pra desanimar
Mas se há tempo para todas as coisas já era tempo

Às vezes eu paro e fico me lembrando
De como isso começou
Daquele teu sonho, da blusinha azul
E do dia em que você ligou

Quanta novidade ser amado de verdade
Essa tua sinceridade, ser aceito como eu sou
Mesmo sendo complicado eu quis ser teu namorado
Pois meu tempo já chegou

Eu te amo e você é a primeira a ouvir
Eu te amo, só você me faz sentir
Eu te amo, cabeça nas nuvens e os pés no chão
Eu te dei meu coração

Eu te amo
É matéria prima para construir o sonho
De viver sinceramente
De viver intensamente esse nosso amor

Vídeo incorreto?