Quando entro no meu quarto eu quero me esquecer de tudo e me aquietar
De tantos pensamentos, tudo ao mesmo tempo. Tudo que eu vivo a buscar.
Quando eu fechar a porta eu quero me esquecer do mundo e me despir.
Só uma coisa eu quero tudo, que eu quero tudo do Teu fluir.

Se houver algo errado, se eu houver pecado, ó vem me revelar
Eu quero ser lavado, sim, ser perdoado.
Eu quero confessar.
E pela fé no novo e vivo caminho eu quero contemplar o Teu rosto
E ouvir Tua voz.
Só assim pra consertar o que é tão complicado (do meu coração)
Tua presença consertar tudo que está errado (do meu coração)
Essa Tua presença é tudo, tudo, tudo.

É tudo que eu preciso
É tudo que eu desejo
É tudo que eu mais quero
É tudo pra mim

Sozinho no meu quarto vem, ó Deus, Sua palavra me revelar (me revelar)
Sozinho como Cristo no seu canto procurava se alimentar (se alimentar)
Pra ter forças e cumprir Sua vontade, morrer naquela cruz
E a minha que eu leve ressurreto todo dia brilhando a Sua luz.

E eu não quero o erro de querer só os milagres Teus
Eu quero ter Sua presença inteira e todos os males meus
Basta só uma palavra Sua pra reformar o meu universo
À Sua imagem.
E se abrir meu mar vermelho não for Tua vontade (do Teu coração)
Se Tua voz não estiver no fogo ou tempestade (do Teu coração)
Se for numa simples brisa no meio da noite

É tudo que eu preciso
É tudo que eu desejo
É tudo que eu mais quero
É tudo pra mim

Quando entro no meu quarto eu quero me esquecer de tudo

Vídeo incorreto?