Chora no ombro do véio
Chora, minha coisinha boa
Chora no ombro do véio
Que o velho te perdoa
A minha véia tá virada numa leoa
Me chamou de tipo-a-toa
E já não gosta mais de mim
Na minha roupa a véia já tascou fogo
E foi, se queixar pro meu sogro
E o véio quer o meu fim
A minha vida de domar, eu nunca deixo
Me ataco no remelexo, levanta poeira do chão
E essa noite vou te fazer uma proposta
Que eu tenho o que tu gosta, te esperando no colchão
Cuida desse véio, mulher, cuida desse véio, mulher e não me amola
Cuida desse véio, cuida desse véio, mulher, que ele te adora
Cuida desse véio, mulher, cuida desse véio mulher, e não dá o fora
Cuida bem desse veinho
Que é no ombro dele que tu chora
Tu vai morrer de saudades
Tu vai gemer sem sentir dor
Tu vai lembrar do malandro
Que te deu aulas de amor
Tu vai lembra do veinho que te cobria de flor
Te dando vinho nos beiços
Chorando e fazendo amor...

Vídeo incorreto?