Óculos escuros
Ainda não me acostumei
Barulhos diurnos
Ainda não me acostumei

Cala calabouso
Meu repouso
Agora é aqui!

Já não há pescoções para mim

Calabresa, molho de tomate,
Chocolate, aspartame,
Nada parece satisfazer

Ah, que bom na morte foi mudar
Deixa pra lá minha cor azulada
Agora o dia, o céu, a praia,
Minha pele dura

Que caixão, que nada
Agora minha morada
É numa sensacional máquina
De bronzeamento artificial

Vídeo incorreto?