Um milhão de sóis


Tu permaneces eterno
Aquele que não foi criado
Que não tem fim
As estreladas maravilhas
As vastas extensões
Curvam-se diante do Teu comando

Tu brilhas como um milhão de sóis flamejantes
Vestido em eterna luz e louvor
Jesus, o primeiro e o último
A brilhante estrela da manhã

Tu sopras a criação
À existência,
A vida e tudo o que somos
Além de qualquer medida
O universo
Um eco de Teu poder

Tu brilhas como um milhão de sóis flamejantes
Vestido em eterna luz e louvor
Jesus, o primeiro e o último
A brilhante estrela da manhã

Eterno
Sem fim
Tu reinarás para todo o sempre
Tu és Santo
Tu és digno
Senhor de tudo