1. Traziam as ofertas aos pés do Salvador,
E todo o sacrifício mostrava ser de amor.
Nenhuma oferenda tornava sem valor;
A todas aceitava, o meigo Salvador.

CORO: Também, Senhor eu quero
Trazer-te este Dom,
Indigno, mas sincero:
O impuro coração.

2. Ao longe, retraído, está um pecador;
Ao ver os donativos, sua alma sofre em dor.
Não tem nenhuma prenda pra dar ao Salvador!
Com olhos lacrimosos, suplica com fervor:

3. "Ó Mestre", exclama, aflito, "eu sei quão mau eu sou;
Mas toma a pobre oferta: Meu coração Te dou."
Jesus responde, manso: "A dádiva aceitei;
De todas as ofertas, a tua Eu mais amei!"

Vídeo incorreto?