Vem Dedicar-te, ó Mocidade!
À obra santa lancemos mão,
Antegozando felicidade
Que só os santos alcançarão.

A hora é tarde, a ceifa é grande,
Vem, jovem, antes de o sol se pôr!
Não te demores, vem logo, atende
O amável Mestre e Salvador!

No fim da safra, traremos molhos,
Serão almas que Deus nos deu;
Ao levantarmos os nossos olhos,
Veremos Cristo descer do Céu.

A alegria que Deus prepara
Para os remidos já começou:
Um movimento que não mais pára,
Na mocidade que Deus salvou.

Vídeo incorreto?