Mais perto quero estar, meu deus, de ti.
Inda que seja a dor, que me uma a ti;
Sempre hei de suplicar: mais perto quero estar;
Mais perto quero estar, meu deus, de ti.

Mesmo vagando aqui, na solidão,
De noite, a descansar, dormindo ao chão,
Em sonho vou clamar: mais perto quero estar,
Mais perto quero estar, meu deus, de ti.

Minha alma canta a ti, senhor!
Betel aqui verei por teu favor.
Eu sempre hei de rogar: mais perto quero estar,
Mais perto quero estar, meu deus, de ti.

E quando a morte, enfim, me vier chamar,
Nos céus, com o senhor, irei morar!
Então me alegrarei perto de ti, meu rei!
Perto de ti, meu rei, meu deus, de ti.

Amém!

Vídeo incorreto?