E ainda, que o fruto da oliveira minta
Todavia me alegrarei em Deus, o meu grande Rei

E quando, Tu me formavas, numa cidade estruturada
Em mim tu plantavas uma vontade de exaltar
De exaltar o seu nome, o seu nome glorificar
Porque só Tu é santo, santidade somente
A Ti oh Rei dos reis
Louvor e glória amém, amém

Ah quando criança eu recitava
Dizia eu sou um cordeirinho e Jesus é meu pastor
E quando eu cantava junto com a mocidade
Comigo está Jesus, combater o tentador

As lembranças, lembranças que tive
De quando tu iria, iria me selar
A promessa manifestava quantas glórias,
Lembranças, lembranças que tive
Nas rodovias que viravam eram tantas glórias
Que tomava os corações, as lembranças

Mais o tempo se passou e hoje casado estou
Minha vida mudou, as coisas são diferentes
Eu sei que tenho que ser um pouco mais crente
Já não recito mais, mas eu Te adoro

Mas muito, dos meus amigos, ainda vem me visitar
Uns casados e outro solteiro, mas é difícil lembrar
É duro é tão diferente a vida começou a mudar
Tanto enfado da carne de Deus eu fui me afastar
Mas um dia Deus me agraciou e me deu dois filhos
E eles cantou assim meu pai:
"Deus é por nós, e quem será contra nós?"

E quantas vezes orei, ah eu preguei
E quantas vezes eu abracei, Deus como eu amei
Mas hoje aqui na minha casa não consigo mais orar
E só me resta fazer esperar no meu Senhor

Vídeo incorreto?