Quão amáveis são os teus tabernáculos, ó Senhor dos exércitos,
Pois Ele cuidou até dos pardais, das andorinhas, encontrou moradia,
A minha alma esta anelante, se desfaleceu pelos átrios teus,

CORO

Bem-aventurado os que habitam em tua casa, louvar-te-ão continuamente,
Bem-aventurado o homem cuja força e o seu coração confia só em ti Senhor,

É melhor estar contigo do que mil em outras partes, tomemos para nós possessões do amor,
Da sua voz habitação onde iremos morar com Cristo nosso Deus eternamente reinar... eternamente

CORO

Bem-aventurado os que habitam em tua casa, louvar-te-ão continuamente,
Bem-aventurado o homem cuja força e o seu coração confia só em ti Senhor

Vídeo incorreto?