Guardarei as coisas que você deixou
As fotografias, tudo que restou
Esse amor que um dia me fez tão feliz
Todos os desejos vindos de um beijo

Vou tirar de mim, esquecer quem sabe
Essas noites de melancolia
Para eu prosseguir, para eu me encontrar
Quando surgir a luz de um novo dia

É tão irônico, a falta que esse amor te faz
Me fere e me faz mal
É tão desprezável

O meu coração partiu em mil pedaços
Grita por seu nome e você não responde
O meu coração está em carne viva
Sangra e não consegue achar a saída
Sozinho no silêncio negro de uma noite

Não trago comigo, o que passou passou
Vou bucar sem medo a felicidade
Que na minha histório eu deixei partir
Sem saber aonde estava minha falha

Vou pensar em mim, vou sonhar de novo
Com tudo aquilo que eu não vivi
Todos esses anos serão bem lembrados
De uma paixão que era fantasia

É tão irônico...

Vídeo incorreto?