Quero enxergar
Eu quero escutar
Além do natural
Quero entender
Senhor, o teu mover
Quando parece mal

Aflito, cercado
Como uma ave eu quero ver
Que existe socorro
Quando sirvo a ti, senhor

Quero te amar, meu senhor
No momento da dor
Aos teus pés me entregar
Vou arriscar o que for
Pra te dar meu amor
Te servir, pois sei que nada sou
Se a tua mão não me livrar

Vídeo incorreto?