Criança anjo


Fins cotidianos
E as rendições de tempo
Sonhos perdidos, esquecidos
Sentimentos se enfraquecendo
Tente velejar calmo
Pela noite

Que sou eu para decidir
Se você deveria viver ou morrer ?
Crescendo dentro de mim,
Respirando meu ar

Feito por amor, levado por ódio
Se perguntando aonde você está
Voando entre os anjos

Que sou eu para decidir
Se você deveria viver ou morrer?
Crescendo dentro de mim,
Respirando meu ar
Que sou eu para decidir se você deveria viver ou morrer?
Minha criança anjo