Pá e Pum e Pá, pode acreditar,
Favela, Condomínio Xurupita, Jaraguá,
É só chegar, saber chegar, é o que há,
Se segure então vamos lá,
27 de janela, 23 resido nela,
Desde as ruas de terra,
Até os primeiros barracos da favela,
A pedreira é ativa, é a minha distração,
Minha goma simples, humilde, sem muro, sem portão,
Hoje outros 500 graças á Deus não é não?
Será o progresso, será a evolução?
Será o regresso, será a destruição?
Fica a interrogação, a favela expandiu,
Xurupita Condomínio 23 há mil,
Soa a multiplicação de vagabundo hostil,
Se pinto sujeira a malandragem nem me viu,
Da barra da Forquilha segue em frente, segue quente,
Opa, opa, e aí cumprimento meus manos,
Cumprimento minha gente,
Marcelo, Hugo, Tampinha,
Pelé, Buiu, Dardinha,
Personalidade, é nóis na fita,
To com ela, salve simpatia,
Um beijo no coração Dona Maria, mãe da favela,
Toma aí os binaite e vem conhecer minha quebra.

(Refrão)
Jaraguá, Jaraguá, é o lugar,
Lugar bom de viver, lugar bom de morar,
Se quiser conhecer, mano, é só chegar,
Jaraguá, Jaraguá, pá, pá, pum, pá, pá, pode acreditar,
Se não tiver proceder, se não souber conversar,
Então não é aqui, é em outro lugar.

Quem bebe desta fonte jamais esquece,
Panamericano vejam só, mais um cantinho da oeste,
Onde a humilde malandragem prevalece,
Se a cabeça não pensa o corpo padece,
Saber entrar e sair no sobe e desce,
Cuidado, dedo mole não é aliado,
Não é bom no teste,
Clack, clack, esquece, esquece,
Na mão sujado recebe o que merece,
Se liga aí mano, nada é de graça,
Onde há fogo sempre tem uma fumaça,
Farejando milho a molecada aí na praça,
Quer fazer a mente, bolar um plano,
Vai carburar na mata,
Chega então tipo buzão de lotação,
Cidade d'Abril, Capela da Lagoa sangue bom,
Aonde o bicho pega e o vapor cai a milhão,
Os becos faz convite pra colar na escuridão,
Mesmo que seja noite, cola lá na Voith,
Cola lá na Voith,
Ipanema, Lucrécia, Aurora, Chica Luísa,
Bandeirantes, Vivan, Parque Nações Unidas,
Pegue carona no trem do RZO,
De Pirituba pra cá é dois palitos ó,
É só chegar,
"Estação Jaraguá".

(Refrão)

Quebrada é quebrada em qualquer lugar,
Assim foi dito e sempre será,
Sem pagar pau o lance é respeitar,
Seja reciproco, com o mundo, simultâneo vá,
Uniformizar no corre pum e pá,
Na bola de neve não,
Na bola de meia tem que constar,
No rolê nos pião fiz procissão,
Caminhei até suar,
Os peregrinos rodam o mundo,
Vai em uma par de lugar,
Da zona oeste á zona sul pra representar,
Pra cantar Jaraguá,
Parelheiros, Céu Azul, Capão Redondo, Grajaú,
Ver o Facção fui pra lá, mano Jéferson que há,
Quem desanda nas idéias morou, o chicote vai estralar,
Bom dia comunidade Jaraguá,
Mais uma vez o seu nome foi exaltado no ar,
E assim será, e assim será,
Interior Paulista, Grande São Paulo, ABC,
Leste, oeste, sul e aí Jaraguá falei de você,
Respeite a quebrada,
Mais do que tudo aí nunca mais errada,
Chega mais zona sul, chega norte, chega leste,
Como já disse os loucos da zona oeste,
É o respeito que prevalece,
É o respeito que prevalece.

(Refrão)

Vídeo incorreto?