Seu corpo balança
Anuncia a primavera
Beleza divina, beleza divina
Brota do fundo da terra.

Das curvas que o vento faz em você
Caem folhas, nascem flores e paixões
Seu corpo balança

Quando passa eu não vejo o destino soprar
Um desejo forte ardente desenha o caminho da gente
Um encontro inesperado na primeira estação
Inicia um novo ciclo enfeitiça o coração

Refrão

Te dou o Sol, a Lua e o Mar
Quero dormir com você, viajar
VEm passear pelo planeta

Vídeo incorreto?