Adeus, adeus eu vou me embora
Nem quero oiá pra trás
Adeus campinas verdejantes
Adeus, oh Minas Gerias
Vou subir aquela serra
Num sei quando vou voltar
A minh'alma tá cantando
Com vontade de chorar

Ai, ai, ai, ai, nem quero olhar pra trás
Hum, hum, adeus Minas Gerais

Que saudade das mangueiras
Do clarão do meu luar
E das lindas cachoeiras
Com suas águas a rolar
Na madrugada tão linda
Ouve-se o galo cantar
Pula o caboco da cama
E começa a trabalhar

Ai, ai, ai, ai, nem quero olhar pra trás
Hum, hum, adeus Minas Gerais

No meu rancho de sapê
Deixei o meu coração
Pendurado no meu quarto
Lá ficou meu violaão
Minha santa padroeira
Que só verve a me guardar
Veio comigo na gibeira
Pra dos males me livrar

Ai, ai, ai, ai, nem quero olhar pra trás
Hum, hum, adeus Minas Gerais

Vídeo incorreto?