Declaro a guerra em nome da destruição
Você é quem mata o futuro da nação
A violência é o mal que assola o mundo
Sua ganância te arrasta ao poço profundo

Ser humano inútil produto de consumo
Ser humano fútil agora ta de luto