Pra falar dos violeiros e cantores
Dou um viva aos poetas emboladores
E em cultura popular que é tão intensa

Tô atrás da consciência Brasileira
Aquarela da feira e do forró
Fazer parte dessa grandeza com a certeza
De que nunca estou só

Quero ver o canto das lavadeiras
Das pastorinhas rendeiras e das filós
Rezadeiras essa força coletiva
Cangaceiras vencendo o nó cego nó

Quero ver a missa do vaqueiro
O sertão se ajoelha à fé maior
Por que tudo se faz tão verdadeiro
Que o violeiro traduz em mi maior

Vídeo incorreto?