Coloque o coco zambê coloque o coco zambê
Na loca do maloqueiro
Coloque o coco coqueiro que o coco é peneruê

Esse meu coco é coco Pernambucano
Com jeito Paraibano ladrão de leite mineiro
Coco praieiro é coco cocô de louro
É coco do desaforo Herculino e feiticeiro
Baixaeguense do vale da estiagem
É coco da catrevagem de jurema e muçambê
Coco atochado de avelós e de facheiro
Coloque o coco coqueiro que o coco é peneruê

Esse meu coco provocando se assanha
Feito Caju e Castanha na parcinha do Diário
Derretendo o verso no pino do meio dia
Comigo a macaca pia que meu coco é operário
Coco ligeiro que nem pulo de guiné
Segure a saia Zabé que o vento vem como-quê
Esse é o coco da cachaça e da folia
E tem carta de alforria meu coco é peneruê

Esse meu coco é ferrado em letra estranha
Coco da mãe de pantanha coisado num sei com quê
Coco arroxado feito coxa de zambeta
Tocado por um maneta coco Saci-Pererê
Diz o boato que esse coco é forasteiro
Vigarista e labrojeiro que deixa o povo morrer
Mas é mentira o meu coco é de aleluia
Trazendo água na cuia boa da gente beber

Coco de roda coco de palma de mão
La pras bandas do sertão cantador é cabra macho
Esse meu coco é de latada é de terreiro
Matuto bravo brejeiro coco beira de riacho
Esse meu coco tem pandeiro e tem maraca
Tem gonguê e tem fuzaca tem farra tem fuzuê
Coco martelo feito o canto do ferreiro
Coloque o coco coqueiro que o coco é peneruê

Abaixo o coco da justiça que é do homem
Que parece lobisomem se fala mas ninguém vê
Abaixo o coco demagogo viciado
Vivaldino carimbado que leva o tempo em comer
Esse meu coco é um retrato falado
Coco cuspido e cagado do Brasil do lê-rê-rê
E tome coco e lá vai coco companheiro
Coloque o coco coqueiro que o coco é peneruê

Vídeo incorreto?