Aqui eu plantei
Aqui eu hei de colher
A safra dos frutos doces do meu sonhar
Aqui nessa terra rôta de pedra e pó
Aqui nesse tempo rude de ferro e nó
Plantei as sementes vivas hão de vingar

Nem que seja regado a lágrima
Suor ou sangue
Eu faço esse solo dura brotar raiz
E colho no tempo certo meu justo ganho
Se aqui plantei os meus grãos de sonhos
Vai ser aqui que eu vou ser feliz

Quem viver verá
Quem viver verá
Balançando ao vento
A safra dos frutos do meu sonhar

Vídeo incorreto?