Um dia se eu mergulhasse
E num mergulho penetrasse
Através dessas retinas
Através dessas meninas
Dos teus olhos colibris
Tão flutuantes fluentes
Tão cantantes tão contentes
Meninas tão meninas tão bem
Menias tão bem-te-vis

Desataria da garganta esse travor de fogo e sol
E cantaria o rouxinol decantaria juritis
Galo-de-campina sabiá xexéu rolinha
Grava a tua voz na minha
Canta-o-fogo se apagou

E no sertão do meu penar brotaram mágoas
E no sertão do meu penar brotaram mágoas
Que o meu pranto hoje deságua
Na cacimba que secou

Vídeo incorreto?