Fiz uma nova canoa
Da madeira do Ipê
Só assim eu vou chegar
Meu bem onde está você
Nas águas do Araguaia
Vou torcendo dos perigos
Para mostrar que sou forte
O meu amor vem comigo

No lindo rio Araguaia
Suas águas não enjoa
Eu descanso em seu leito
Deitada em minha canoa
E fico olhando nas praias
Aonde o meu amor passeia
Com sua tanga de penas
Me convida pra ir à aldeia

Aquele jovem da montanha
Chorando me falou por que
Eu te amo me leva contigo
Nesta linda canoa de Ipê
Respondi: enxugue teu rosto
Vamos antes que a tarde desmaia
Não precisa ter medo, sou eu
Canoeira do Araguaia

Vídeo incorreto?