Sou uma cigana tropeira e no Brasil inteiro vivo viajando
Passo a vida nas estradas fazendo pousada em barraca de pano
Sou uma cigana feliz o meu destino quis vivo alegre cantando
Com prazer e alegria tenho a companhia um valente cigano

Tenho um papagaio louro em cima do couro fala o dia inteiro
Sem medo sigo a viagem a minha bagagem levo no cargueiro

Conheço os vinte e três estados sigo amontada sempre cavalgando
Levo tropa de primeira raça brasileira vendendo e comprando
Não sinto falta de dinheiro sem ter paradeiro sempre viajando
De dia segue os meus passos à noite nos braços de um valente cigano

Vídeo incorreto?