Recebi um convite lá em casa
Me assustei
Como “ocê” foi cair nessa armada

Depois de tanta festa
De tanta noitada
De perder dinheiro com a mulherada
Parece uma doida, essa é mais doida ainda
Querendo casar

Aceitei ser padrinho
Comprei seu presente
Fiquei bem quietinho
Fingi de contente
Mas eu tinha um plano
E só “tava” esperando o padre falar
Fale agora ou cale-se para sempre

Eu protesto
Seu padre por favor não faz mais isso não
Pelo amor de Deus cancela essa união
Se não eu perco o meu amigo de balada
Amigo de cachaça

Eu protesto
Seu padre depois pago um vinho pro senhor
Confesso o meu pecado se preciso for
Mas tira ele da garra dessa malvada
Vai fazer burrada
Eu protesto

Vídeo incorreto?