Por amor de Sião, eu não me calarei
E por amor de Jerusalém eu não me aquietarei
Até que saia a sua justiça como um resplendor
E a sua salvação como tocha acesa no velador.

Orai, pela paz de Jerusalém, felizes são os
que a Deus por ela clamam, porque escrito está:
Prosperarão aqueles que te amam.

Oh Jerusalém, se eu me esquecer de ti
Que me faltem o paladar e os emus olhos
Não me deixem dormir
Jerusalém tu és amada, cidade do grande Rei
Entre tantas que conheço igual a te não encontrei.

Vídeo incorreto?