Sabiá da mata, onde vai fazer teu ninho
É no pé da gameleira, lá na beira do caminho

A dor de uma saudade
Quando chega é pra valer
Todo dia eu choro muito
Com vontade de te ver

Vai um amor e vem cem
Toda moça é uma flor
Quando a gente beija ela
Sente a força do amor

Deixe o sereno cair
Deixe o sereno molhar
Quem canta seus males espanta
E eu canto pra não chorar

Vídeo incorreto?