Sentado, esperando, desejando


Eu estava sentado, esperando, desejando
Que você acreditasse em superstições
Então, talvez você veria os sinais

Mas O Senhor sabe que este mundo é cruel
E eu não sou o Senhor, não, sou apenas um tolo
Aprendendo que amar alguém não o faz amar você

Será que preciso sempre esperar, esperar por você?
Será que preciso sempre bancar, bancar o bobo por você

Cantei suas músicas, dancei sua dança
Dei uma chance a todos os seus amigos
Mas suportá-los
Não valia nunca ter você

Talvez você já tenha passado por isso
Mas é minha primeira vez, então, por favor ignore
Os próximos versos, porque são direcionados para você

Não posso ficar sempre esperando, esperando por você
Não posso ficar sempre bancando, bancando o bobo por você

Continuo representando o seu papel
Mas não é a minha cena
Quero uma virada no enredo
Já tive mistério o suficiente
Você continua fortalecendo isso
E aí você me põe para baixo
Mas já estou lá em baixo

Apenas espere um minuto
Apenas sentado, esperando
Apenas espere um minuto
Apenas sentado, esperando

Se eu estivesse no seu lugar
Largaria toda a minha munição
E me perguntaria por que tinha levado tanto tempo

O Senhor sabe que não sou você
E, se eu fosse, não seria tão cruel
Porque esperar pelo amor não é tão fácil

Será que preciso sempre esperar por você?
Será que preciso sempre bancar o bobo por você?
Não posso ficar sempre esperando por você
Não posso ficar sempre bancando o bobo por você
Bobo, huhumm...