Sangrando de amor


Fechado para o amor,
Eu não preciso sentir dor
Uma ou duas vezes foram suficientes
E tudo foi em vão
O tempo começou a passar
Antes de você perceber
Que estava esfriando

Mas algo aconteceu
Na primeira vez
Que eu estive com você
Meu coração se derreteu pelo chão
Encontrando algo real
E todo mundo está
Olhando,
Pensando que
Eu estou louco.
Talvez

Refrão:
Mas, eu não ligo pro que eles dizem
Estou mesmo apaixonado por você
Estão tentando me manter afastado
Mas eles não sabem da verdade
Meu coração está trancado por uma veia
Que eu mantenho fechado
E você vem me corta e eu
Continuo sangrando
Continuo, continuo sangrando de amor
Continuo sangrando
Continuo, continuo sangrando de amor
Continuo sangrando
Continuo, continuo sangrando de amor
Você me corta e eu

Estou me esforçando para não ouvi-los
Mas eles falam tão alto
Que as vozes estão passando em meus ouvidos
Estão me confundindo
Eu sei que o motivo
É continuar me derrubando

Mais nada é maior
Do que essa pressa
De te abraçar
Nesse mundo de solidão
Ainda vejo o seu rosto
Todo mundo que me olha
Pensa que eu estou enlouquecendo
Talvez, talvez

(refrão)

É tudo drenagem minha
Mas eles acham difícil de entender
Então decidi vestir as cicatrizes
Pra que todos vejam

(refrão)