Essa é pra você se lembrar que eu não fui embora
Colei, cheguei, agora é minha hora
Vai ser ruim de me botar pra fora
Eu vou chegar, vou xingar, ninguem me ignora

Só pra te ligar
Aquele papo ainda não acabou
Te digo foi apenas o começo que rolou
Pode parar de apontar pra mim
Me acusar assim
Que a paciência já passou do fim
E não tenho que me explicar, vai se ferrar
Tu sabe muito bem como viemos pra cá
Se lembra todo orgulhoso do passado
Cuidado, hoje você pode estar do lado errado
Quando quiser vir pra cima, pode tentar
Que tu vai ver se eu não tenho as manhãs de encarar
Esse fingimento de tá do meu lado, acabou
Deixando uns e outros desacreditados
Não vou parar de repetir só pra te irritar
Pode me pedir, não to nem ai, vou continuar
Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso

Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso
Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso
Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso
Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso
Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso

Sai de Minas, onde é meu lugar
Já mando um alo pros manos lá de BH
No Brasil, toda essa raça tem moral
Distrito federal, São Paulo Capital
Falar do norte e do Sul é compromisso
Rio de Janeiro também sabe muito bem disso
Pensa primeiro se quiser vir me tirar
Não tenho que aturar, juro que vou revidar
Me manda dar risada pra aparecer
No escuro, só olho e dente que se vê
Mas de repente você pode não estar vendo nado
Pois eu arranco esses dois olhos da sua cara
Ai sim, preto de verdade ira conhecer
Se não gostou, é só pedir pra morrer
Não vai me ver mas vai me ouvir gritar
Cheio de remorso
Que isso aqui continua sendo nosso

Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso
Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso
Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso
Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso

Perseguição pra ferrar com tua vida é a pior
Tudo pra fazer a criolada se sentir menor
Não sou intruso, não sou invasor
Sou cidadão brasileiro, independente da cor
E é assim, o que que todo mundo bota fé em cima de mim
Já não cola som nenhum, Zé Mané
Eu sou do lado negro da sociedade
Fruto da maldade de um bando de covarde
Hoje, na linha de fogo o primeiro é você
Tudo o que plantou de ruim agora vai colher
Sou mal criado, ignorante, arrogante
Me arrependo por não ter sido tudo isso antes
Não duvide que é melhor se cuidar
Quando fica muito perto de mim
Vira vira, virou
Quem não viu se fudeu
Que perdeu, já passou, tá no fim
Pois a negrada anda cheia de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso

Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso
Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso
Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso
Tô no veneno, agora cheio de remorso
Pois isso aqui continua sendo nosso

Vídeo incorreto?