Minha casa é tão pequena
Só cabe mesma uma cama
Um sofá e um banquinho
Mais quando a gente se ama

Quando eu não chamo
Ela chama pra gente trocar beijinhos
É na cama é na varanda
Até mesmo no banquinho

É beijinho pra lá
É bejinho pra cá
É beijinho pra lá
Mais outro bejinho
É beijinho pra lá
É beijinho pra cá
Até mesmo no banquinho

Há quem diga
Que essa é a casa do terror
Por ser tão pequenininha
E fazer tanto calor
Mas eu digo
Que qualquer dia esta casa
Vai se tranformar em brasa
E vai explodir de calor

Vídeo incorreto?