Tudo começou com brincadeiras
ela me ligava a noite inteira
deixava recado na caixa postal
dizendo coisas, levantando meu astral

Por favor pare de me enganar
porque posso me apaixonar
brincadeiras todo instante
isso pode acabar mal
penso em você toda hora
e você se sente a tal

Ela é perigosa, ela é ligeira
estou acorrentado, preso em suas mãos
olhar penetrante, profundo sensual
coisa de outro mundo nunca vi nada igual

Agora eu me apaixonei
seu brinquedinho eu virei
ela consegue me manipular
e eu feito bobo não consigo escapar

Eu ja deveria imaginar
tudo era só pra me alugar
ela não quer nem saber
só ficamos uma vez pra ela não tem nada a ver

Ela é perigosa, ela é ligeira
estou acorrentado, preso em suas mãos
olhar penetrante, profundo sensual
coisa de outro mundo nunca vi nada igual (x2)

Nunca vi nada igual
Nunca vi nada igual

Vídeo incorreto?