Eu sempre brinquei
Fazendo de bobo o mundo
Mas nunca sonhei
Nada mal para mim

A vida então
Com quem eu sempre brincava
Hoje o seu portão
Quer trancar para mim

[refrão]
Ah, estou solto no ar
Não posso parar
Nem mesmo pensar
E o vento sopra pro mar
O que vou sonhar
O que eu já sonhei

Em tudo que vi
Pensei haver tolices
Mas eu não percebi
Que me olhava também

[refrão]
Ah, estou solto no ar
Não posso parar
Nem mesmo pensar
E o vento sopra pro mar
O que vou sonhar
O que eu já sonhei

Assim compreendi
Que ao rir dos tolos
Não sei porque não vi
Que eu ria de mim
Que eu ria de mim...
Oh...oh...oh...oh...
Oh...oh...oh.. oh... de mim

Vídeo incorreto?