Quando te vi no domingo parecias estrangeira
Estavas de casaco comprido e botas a dar com a carteira
No teu cabelo escuro soltou-se uma colónia
Que me encharcou os sonhos e me mergulhou na insónia

E se eu quisesse fugir já não tinha para onde ir
Meu bem, isto não vai acabar bem
Meu bem, meu bem, meu bem
Isto não vai acabar

Os teus olhos chicoteiam a minha cabeça ateia
Ninguém te dá a idade que o teu corpo passeia
O teu joelho a aparecer por entre as calças rasgadas
Escreve no ar castelos de outros contos-de-fadas

E se eu quisesse fugir já não tinha para onde ir
Meu bem, isto não vai acabar bem
Meu bem, meu bem, meu bem
Isto não vai acabar
Meu bem

E se eu quisesse fugir já não tinha para onde ir
Meu bem, isto não vai acabar bem
Meu bem, meu bem, meu bem
Isto não vai acabar bem
Meu bem

Isto não vai acabar
Isto não vai acabar
Isto não vai acabar bem

Vídeo incorreto?