Cartas de casa


Meu querido filho, é quase Junho,
Espero que esta carta chegue até você, e encontre-o bem.
Tem estado seco, mas eles estão anunciando a chuva,
E tudo é o mesmo de sempre em Johnsonville.
Seu pai teimoso não tem falado muito,
Mas tenho certeza de que você sabe que ele manda seu amor,
E ela continua,
Em uma carta de casa.

Eu a segurei e mostrei para os meus amigos,
Como se nós não tivéssemos medo e nossas botas não fossem elameadas, e todos eles riem,
Como se houvesse algo engraçado no jeito que eu falo,
Quando eu digo: "Mamãe envia seu melhor à vocês."
Eu a dobrei e a coloquei em minha camisa,
Peguei minha arma e voltei ao trabalho.
É isso que me faz prosseguir,
À espera de cartas de casa.

Meu querido, já está quase amanhecendo.
Eu estive aqui por toda a noite me perguntando onde você poderia estar.
Eu vi a sua mamãe e mostrei-lhe o anel.
O homem na televisão disse algo, então não consegui dormir.
Mas eu vou ficar bem, estou apenas com saudade de você.
E isso são meus beijos para você:
XX's e OO's,
Em uma carta de casa.

Eu a segurei e mostrei para os meus amigos,
Como se nós não tivéssemos medo e nossas botas não fossem elameadas, e todos eles riem,
Porque ela me chama de "Docinho", mas eles pegaram pesado,
Porque eu não leio as partes boas.
Eu a dobrei e a coloquei em minha camisa,
Peguei minha arma e voltei ao trabalho.
É isso que me faz prosseguir,
À espera de cartas de casa.

Querido filho, sei que não escrevi,
Mas sentado aqui esta noite, sozinho na cozinha, isso me ocorreu,
Talvez eu não tenha dito, então vou dizer agora:
Filho, você me faz sentir orgulho.

Eu a segurei e mostrei para os meus amigos,
Como se nós não tivéssemos medo e nossas botas não fossem elameadas, mas ninguém ri,
Porque não há nada engraçado quando um soldado chora.
E eu apenas seco os olhos.
Eu a dobrei e a coloquei em minha camisa,
Peguei minha arma e voltei ao trabalho.
É isso que me faz prosseguir,
À espera de cartas de casa.