Água suja lá na pia
Um tapete de pele de vaca
Lama da galocha suja
Mel de abelhas na garrafa

Todo mundo pensa que ele é anormal
Com as suas plumas e o seu chapéu fenomenal

Com luzinhas vaga-lumes de natal

Calça larga de veludo
Um radinho de alta-freqüência
Restos de um sofá felpudo
Olhos soltos de demência

Todo mundo pensa que ele é anormal
Com as suas plumas e o seu chapéu fenomenal

E a caveira de um boi morto marginal

Ele é tão bem resolvido
Em seu mundo de plástico rosa
Com pistolas de ruídos
E turbinas na carroça

Todo mundo pensa que ele é anormal
Com as suas plumas e o seu chapéu fenomenal

Flores coloridas feitas de jornal

Vídeo incorreto?