Por tudo que se foi
Confesso não parar
De lembrar do que nós dois
Fizemos sem pensar

Tarde demais quando tentei
Voltar pra te contar
O quanto eu errei
Que nunca quis te machucar

E agora, o que me resta?
É tão fácil comparar
Cada história que eu vivo
Ao que você pôde me dar

Você vem
Me ensina a viver
Me mostra o melhor que se pode ter

Você vai
E como não perceber
Se um outro alguém nunca traz?
Nunca traz...nunca...

Se lembra o quanto a gente
Cansou de prometer
Que seria para sempre
Que não iríamos sofrer

Mas quase sempre o maior erro
É perder por não cuidar
Eu decreto o meu castigo
Ao permitir que você vá

E agora, o que me resta?
É tão fácil comparar
Cada história que eu vivo
Ao que você pôde me dar

Você vem
Me ensina a viver
Me mostra o melhor que se pode ter

Você vai
E como não perceber
Se um outro alguém nunca traz?
Nunca traz você

Eu sigo sem saber
Se eu tento resistir
Mais difícil passa a ser
Mais difícil passa a ser

Você vem
Me ensina a viver
Me mostra o melhor que se pode ter

Você vai
E como não perceber
Se um outro alguém nunca traz?
Se um outro alguém nunca traz você
Se um outro alguém nunca é você?

Vídeo incorreto?