Empurre o dedo, saculeja e puxa o fole
Não seja mole e bote o sol pra derreter
Se a sanfona, o triangulo e o pandeiro
Estão batendo no zabumba eu vou bater

Eu vou bater e um cabra macho bom de fole
Lá vai tocar nesse pagode até cansar
O cabra mole pelo jeito ele não pode
Tocar sanfona até o dia clarear
Deixa a moçada se acabar no rela-rela
Esquenta a goela com cachaça até queimar
Nesse batuque levanta a terra do chão
Deixe o vestido da morena levantar

Vídeo incorreto?