Não, não, não, não
Nunca mais eu vou falar de solidão
Não, não, não, não
Nunca mais eu vou falar de solidão
Eu andava procurando um grande amor
Que pudesse merecer o meu carinho
Quando a flecha de um cupido me acertou
Naquele dia que cruzei no teu caminho
Meu coração que vivia a sofrer
Ta pulando de alegria por você
To vivendo meu momento de paixão
Nunca mais eu vou falar de solidão

Vídeo incorreto?