Quando a noite chegar
Pra me dizer quem eu sou
Eu que estarei a viver
Não irei me esquecer
A quem dei meu amor
Como ela vem eu nem sei
Nem é preciso pensar
Pois quem já viveu os seus dias
Não se confundiria
Nem na hora final

Todo declínio é assim
Como o Sol sempre faz:
Deixando lugar as estrelas
Mesmo sem poder vê-las
Vai fazê-las brilhar
Eu que estou a sonhar
A luz sem o caso do amor
Sei que ela existe sem fim
Pois o meu coração
Continua a te esperar

Vem ó luz!
Vem brilhar nos meus olhos
Não deixa o meu coração se apagar!
Vem me aquecer, como o Sol de meio-dia
Faz minha luz pra sempre brilhar
Ó vem iluminar

Vídeo incorreto?