Eu tenho uma pequena, ai
Que mora em Copacabana
Gosta de andar bacana

Toda semana, ela põe um vestido alinhado
De godê todo plissado
Quando ela passa, todo mundo fica admirado

Eu ando até encabulado, ai
Que ela é tão boa que parece a patroa e eu o empregado
Eu ando pronto e afanado

Um dos seus vizinhos que mora pertinho, já me avisou
Seu moço escuta e faz favor
E aquela pequena que o senhor está namorando
É preciso ter cuidado, nessa vida é escolada

E ela é das tais que namora, mas não quer se casar
Ela só quer se embelezar
E tudo que ela tem não lhe custou um vintém
O namorado é quem dá
E se não der ela lhe manda desviar

Não tenho medo porque a mim ela não vai tapear
Ela só vai se atrapalhar
Está iludida por me ver na avenida todo dia alinhado
Parecendo deputado
E está pensando que eu sou mesmo seu bacana e ando sempre abonado
Ela vai dar um golpe errado
É que ela não sabe que esse terno é de um colega que eu pedi emprestado

Eu tenho uma pequena, ai
Que mora em Copacabana
Gosta de andar bacana

Toda semana, ela põe um vestido alinhado
De godê todo plissado
Quando ela passa, todo mundo fica admirado

Eu ando até encabulado, ai
Que ela é tão boa que parece a patroa e eu o empregado
Eu ando pronto e afanado

Um dos seus vizinhos que mora pertinho, já me avisou
Seu moço escuta e faz favor
E aquela pequena que o senhor está namorando
É preciso ter cuidado, nessa vida é escolada

E ela é das tais que namora, mas não quer se casar
Ela só quer se embelezar
E tudo que ela tem não lhe custou um vintém
O Jorge Veiga é quem dá
E se não der ela lhe manda desviar

Não tenho medo porque a mim ela não vai tapear
Ela só vai se atrapalhar
Está iludida por me ver na avenida todo dia alinhado
Parecendo deputado
E está pensando que eu sou mesmo seu bacana e ando sempre abonado
Ela vai dar um golpe errado
É que ela não sabe que esse terno é do Altamiro que eu pedi emprestado

Porque o meu está pendurado
Num cabide enferrujado lá no Largo do Machado

Vídeo incorreto?