Senhores donos da casa
O cantador pede licença
Para contar um romance
Aqui na vossa presensa
Venho das bandas de portugual
Com permissão da sentença
Cumprindo minha sina legal
Por muito já conhecida
Buscando a inclusão da obra na vida
Preste muita atenção
Paula artista plástica,
Pedro é o seu irmão
São gêmios de fato,
Mas não tem a solução.
Paula é democrática,
Pedro da situação
Ela revolucionária ele conservador
Toda hora há divergência
Na base do narrador
Que deixa o caminho aberto
Para trilhar você leitor
Com metáfora e irinia
Venha ver mais que beleza
Da nossa dramaturgia
Descubra com sutileza
Leia com alegria é obra do macêdo
Vêja só mas que valia...
Pedro e paula, pedro e paula
É mesmo grande ironia...(bis)

Vídeo incorreto?