Olho para o alto
Vejo a brilhar
Estrelas no infinito
O tempo a passar

Logo amanhece
Com o sol a clarear
Barulhos pelas ruas
Começam a soar

O mundo gira assim
O que fazer de mim
Momentos nesse tédio
Nunca chegam ao fim...

Vento forte, pela janela
Sopra seu perfume
Do espaço ouço passos
Controlo meu ciúme

Rotação e translação
Na mesma direção
Quanto controle, para seguir
Estou na contra mão...

O mundo gira assim
O que fazer de mim
Momentos nesse tédio
Nunca chegam ao fim...

Vídeo incorreto?