Diferente de todas as vezes
Que me abandonou
Não sofri, não chorei como você pensou
Se enganou

Já cansei dessa tua palhaçada
Conversa afiada, história montada
Chega de caô
Acabou

Eu gostei de ser livre tão livre
Como um passarinho
Que quando se solta não volta pro ninho
Fica solto

Se quiser me encontrar não adianta
Bater lá em casa
Se telefonar vou rejeitar chamada
Porque na balada eu tô!

Eu já tô meio tomado
Com uma morena e uma loira do lado
Desce mais uma tequila
Então se você chegar
Vê se não vai se assustar
E pega o final da fila

Eu já tomei quase um litro
Já tô cantando e dançando esquisito
O show não pode parar!
Mas se quiser arriscar
Quem sabe com mais um gole
Eu posso até te pegar.

Vídeo incorreto?