Todo tempo
Quando ouver
Prá mim é pouco
Prá falar de Luiz, rei do baião
Eu quero um ovo de codorna
Pr'eu comer
Prá todo mundo ver
Que tembém sou do sertão

Já faz três noites
Que pro norte relampeia
Novo Exú
Dá licença pr'eu passar
Vem morena
Que hoje é dia de fiá pavi
E o riacho do navio
Vai bater no meio do mar (Bis)

Toda morena
Quando enjoa da boneca
Só Marica, vem aqui me ajudar
Tô doidinho prá me deitar
Naquela cama, seu doutô
Carolina, onde é que tá (Bis)

Vídeo incorreto?