Coração da noite


As ruas da cidade escura torcem e gemem no calor como a noite desce
Dois olhos procurando encontrar seu caminho nos meus, me convidando
Dançando tão perto, já sabemos o quão bom será
Escorregarmos para fora da multidão de cegos, encontramos o que precisamos

No coração da noite corremos como bandidos

Dois corações famintos sob a arma
No coração da noite, quando encontramos uns aos outros
Estavam roubando o amor em fuga, no coração da noite, coração da
Noite

A lua fria da cidade repousa seu toque no quarto, seus olhos me alcançam
Duas sombras caem dizendo absolutamente nada, sabemos o que precisamos
Na liberdade, dois presos estão livres das trevas
Mais uma fuga sobrevivendo à angústia e loucura.

No coração da noite
No coração da noite